Preços limitados para os lácteos no mercado mundial

Preços limitados para os lácteos no mercado mundial

08 de maio, 2024

Economistas do banco da Nova Zelândia dizem que pouco aconteceu recentemente para mudar radicalmente o mercado global de lacticínios. “A China ainda tem uma presença muito mais discreta nos leilões da Plataforma Global Dairy Trade (GDT)...Os volumes de compra de leite em pó integral na China permanecem baixos em relação às suas médias de longo prazo e tem sido assim durante grande parte dos últimos 18 meses.”

Outras regiões continuam a ajudar a compensar a situação, com o Sudeste Asiático e a Oceânia (e, em menor medida, o Médio Oriente) continuando a comprar em volumes maiores. O tamanho da China significa que a procura entre os principais importadores de produtos lácteos ainda será fraca este ano, mas não de forma catastrófica. Os analistas estão menos pessimistas em relação às perspectivas para a economia global do que antes.

No último leilão GDT (em 16 de abril), o preço médio do lácteos subiu 0,1%, para US$ 3.590, marcando o segundo aumento consecutivo. Na sua mais recente pesquisa sobre commodities, o Rabobank afirma que isto se coaduna com sua visão de que ganhos lentos e constantes nos preços dos produtos lácteos se materializarão este ano.

Outros resultados do último evento da Plataforma GDT:

  • A gordura anidra do leite registrou o maior aumento de preço, subindo 1,7%, para US$ 7.062;
  • O leite em pó integral foi o único outro produto a registrar resultado positivo, subindo 0,4%, para US$ 3.269;
  • O queijo cheddar registrou a maior queda do leilão, caindo 8,5%, para US$ 4.974; e
  • O leite em pó desnatado permaneceu inalterado leilão após leilão em US$ 2.541.

O Rabobank informou que os volumes líquidos totais de importação de produtos lácteos chineses caíram 15,7% em 2023, com as importações de leite em pó integral – um importante produto de exportação da Nova Zelândia – caindo 39%.

Previsão das importações líquidas totais de laticínios da China

Este ano, o banco prevê que as importações líquidas totais de produtos lácteos da China cresçam 1,1%, mas adverte que a recessão imobiliária do país e o crescimento econômico mais fraco poderão limitar a recuperação do consumo dos lácteos. Além disso, a produção doméstica de leite e a sofisticação do processamento da China vem aumentando.

De acordo com o mais recente relatório de commodities do Rabobank, em Março, o preço preliminar médio do leite ao produtor na UE caiu 0,2% em termos mensais (46,34 euros por 100 kg). Embora os preços do primeiro trimestre de 2024 não tenham conseguido manter a dinâmica observada no quarto trimestre de 2023, o Rabobank ainda prevê que os preços base do leite ao produtor na UE, em 2024, se situem em média perto de 47,5 euros por 100 kg. Incluindo prêmios, estes preços sobem para cerca de 50 euros por 100 kg em direção ao pico sazonal.

Produção de leite nos EUA

Segundo o USDA, em março, a produção de leite nos EUA caiu 1% em relação ao ano anterior, marcando o nono mês consecutivo de produção mais fraca em termos anuais. Menos vacas produziram menos leite, enquanto a média por vaca permaneceu inalterada, diz o Rabobank. O rebanho americano registrado em março (9,335 milhões de cabeças, com 98 mil menos vacas em relação ao ano passado) sugere que a produção de leite permanecerá mais baixa em relação ao ano anterior no segundo trimestre.

Após 17 meses consecutivos de queda, a Califórnia – o maior estado produtor de leite nos EUA – registou o seu primeiro ganho anual, subindo 0,7%. O aumento da média por vaca impulsionou a alta, compensando um rebanho menor, que caiu 8.000 cabeças. Wisconsin, o segundo maior estado produtor de leite, apresentou um ganho de produção de 1% em relação ao ano anterior.

A produção em Minnesota diminuiu 1,4% em relação ao ano anterior, mas Dakota do Sul registrou um aumento impressionante de 11,2% na produção de leite.

Fechamento de fábricas 

A Lactalis Austrália anunciou que fechará sua fábrica na cidade de Echuca, na fronteira de Victoria e Nova Gales do Sul. A empresa afirma que vai expandir suas operações em Bendigo. A Lactalis planeja investir AUS$ 85 milhões (US$ 55,5 milhões) ao longo de 3 anos para expandir sua cadeia de fabricação e fornecimento em outras unidades de Victoria.

A Fonterra confirmou planos de fechar 2 de suas fábricas de processamento de laticínios em Waikato, Nova Zelândia. Segundo a Fonterra, são ativos obsoletos e não são mais eficientes para operar. As operações impactadas serão descontinuadas perto do final de 2024.

 

Fonte: Dairy Global

Traduzido e adaptado pelo Canal do Leite

Disponível em: www.dairyglobal.net/industry-and-markets/market-trends/dairy-prices-heavily-range-bound/

  • Oportunidades para o gado Jersey no mercado de corte (beef-on-dairy)

    Marcelo de Paula Xavier

    Editor do Canal do Leite, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Oportunidades para o gado Jersey no mercado de corte (beef-on-dairy)

  • Como a vaca Jersey evoluiu para se tornar um fenômeno global

    Marcelo de Paula Xavier

    Editor do Canal do Leite, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Como a vaca Jersey evoluiu para se tornar um fenômeno global

  • Últimas vacas Jersey classificadas EX-96 e EX-97 nos Estados Unidos

    Marcelo de Paula Xavier

    Editor do Canal do Leite, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Últimas vacas Jersey classificadas EX-96 e EX-97 nos Estados Unidos

COMPARTILHAR

CONTEÚDOS ESPECIAIS

Proluv
Top