Preço do leite ao produtor avança 4,5% em janeiro

Preço do leite ao produtor avança 4,5% em janeiro

02 de março, 2024

O preço do leite captado em janeiro registrou a terceira alta consecutiva (4,5%), chegando a R$ 2,1347/litro na “Média Brasil”, conforme dados do CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. No entanto, em termos reais, essa média ainda está 23,3% abaixo da registrada em janeiro/23 (valores deflacionados pelo IPCA de janeiro/24).

O aumento do preço ao produtor continua sendo explicando pela menor produção no campo, o que – por sua vez – tem acirrado a disputa entre laticínios e cooperativas por fornecedores. O Índice de Captação Leiteira (ICAP-L) do CEPEA caiu 1,85% de dezembro para janeiro. No acumulado de novembro/23 a janeiro/24, a captação recuou 4,1%. 

De um lado, a seca e o calor são fatores que têm influenciado negativamente a produção desde setembro do ano passado. Por outro lado, as margens espremidas dos pecuaristas causaram redução de investimentos dentro da porteira, reforçando o cenário de oferta limitada neste momento. 

A expectativa dos agentes de mercado é de que as cotações do leite cru continuem em elevação nos próximos meses. Porém, dois fatores devem limitar esse movimento de valorização no campo: consumo e importações. 

Para o CEPEA, o consumo de derivados na ponta final da cadeia segue muito sensível ao aumento dos preços. Nesse sentido, os laticínios têm tido dificuldades em repassar a alta da matéria-prima na negociação com os canais de distribuição. Ao mesmo tempo, as importações de lácteos continuam somando volume expressivos, pressionando as cotações no mercado doméstico. 

Gráfico 1. Série de preços médios recebidos pelo produtor (líquido), em valores reais (deflacionados pelo IPCA de janeiro/2024)

 

Fonte: CEPEA – Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada

  • Os Desafios do Produtor de Leite no Brasil

    Maurício Santolin

    Zootecnista

    Os Desafios do Produtor de Leite no Brasil

  • Oportunidades para o gado Jersey no mercado de corte (beef-on-dairy)

    Marcelo de Paula Xavier

    Editor do Canal do Leite, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Oportunidades para o gado Jersey no mercado de corte (beef-on-dairy)

  • Como a vaca Jersey evoluiu para se tornar um fenômeno global

    Marcelo de Paula Xavier

    Editor do Canal do Leite, Administrador de Empresas e Mestre em Agronegócios

    Como a vaca Jersey evoluiu para se tornar um fenômeno global

COMPARTILHAR

CONTEÚDOS ESPECIAIS

Proluv
Top